top of page
  • Foto do escritor

Pet cuidados de Saúde 🐾 Prevenção da leishmaniose




É fundamental os pet turistas estarem protegidos contra uma das doenças mais graves que os pode atacar: a Leishmaniose canina! doença infeciosa incurável e em casos mais avançados pode ser fatal.



Sabias que?


Esta doença é transmitida pela picada de flebótomos , muitas vezes confundidos com mosquitos.


Em Portugal, esta doença é endémica, embora algumas regiões sejam mais afetadas ( Alto Douro, Grande Lisboa, Península de Setúbal e Algarve).



As estações do ano mais perigosas são o verão e outono, se bem que com as alterações climáticas, convém estar atento todo o ano.



Algumas raças (Pastor Alemão, Cocker Spaniel , Boxer, e Rottweiler ) parecem ser mais propensas a desenvolver esta doença.



Como os proteger ?


Usar a coleira repelente de prevenção, desparasitação através de pipetas, pulverizar o corpo com spray anti-mosquitos (à base de citronella) e levar a vacina;


Ter especial atenção ao entardecer e ao amanhecer - períodos em que os flebótomos estão mais activos;


Assegurar um bom estado de saúde do animal, para proteger o seu sistema imunitário, com uma boa alimentação, a vacinação e a desparasitação em dia com as consultas de rotina no veterinário;



Coleira Leishcollar


A Leishcollar pode ser utilizada como parte da estratégia de prevenção contra a leishmaniose.


Esta coleira antiparasitária, composta pela substância ativa deltametrina, proporciona uma atividade repelente, com a fricção com o pescoço do animal permite uma constante libertação da molécula.


Garante entre 94 a 98% de eficácia repelente contra um flebótomo e tem uma duração de 12 meses.


Utilização:


Ajustar a coleira à volta do pescoço do cão sem apertar demasiado (como


orientação, deve deixar-se uma folga suficiente de modo a que entre o pescoço e a coleira entrem 2


dedos). Puxar a coleira pela argola e cortar o excesso do comprimento deixando 5 cm depois da fivela.


Deve ser usada continuadamente durante o período de 12 meses


O contacto ocasional com a água não reduz a eficácia da coleira, mas esta deve ser removida antes do cão nadar



Atenção:


A deltametrina é resistente à água pois tem características hidrofóbicas, e além disto ainda é lipofílica, o que quer dizer que se une uniformemente à camada lipídica da pele. Assim, mesmo que o cão se molhe a substância tanto permanece ativa na coleira como na pele. Porém, se o teu animal for tomar banho deves retirar a coleira porque a substância ativa é prejudicial para os peixes e organismos aquáticos.



É exclusiva para cães, e não deve ser usada noutros animais. Pode ser colocada em cachorros a partir das 7 semanas de idade



Onde comprar Leishcollar?


Como é um medicamento sujeito a receita médico-veterinária, deverá ser adquirida junto do seu médico veterinário.





Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page