Proteja o seu cão do calor neste verão

À medida que as temperaturas continuam a subir, proteger o seu cão do calor é fundamental!

Verão significa manhãs claras e ensolaradas e muita diversão ao ar livre, mas sabia que as altas temperaturas podem ser perigosas para os seus cães e animais de estimação?

Os médicos veterinários dizem que recebem um grande número de casos de emergência durante os verões.

Assim como toma medidas de precaução para si e a sua família durante o verão, é importante que faça o mesmo com os seus animais de estimação para protegê-los de insolações e outros problemas de saúde.

As seguintes medidas básicas podem ser tomadas para garantir que o seu cão não seja afectado pelo calor e aproveite o melhor possível este verão:


1. Forneça bastante água para mantê-los frescos

Para manter o seu cão seguro e saudável durante as altas temperaturas, certifique-se de que eles têm sempre bastante água potável disponível.

Além disso, os cães adoram deitar-se na água para se refrescarem. Então, e se puder, permita que eles façam isso numa banheira, piscina ou praia.

Como os cães não têm glândulas sudoríparas na pele, eles baixam a temperatura do corpo bebendo bastante água e, quando permitido, deitar e brincar na água, alivia o calor.



2. Nunca deixe o seu cão no carro

Lembre-se que a temperatura no interior de um carro estacionado é muito maior do que fora.

Portanto, é melhor deixar o seu cão em casa ou levá-lo sempre que estacionar o carro.

A temperatura corporal de um cão pode aumentar e eles podem até ter uma insolação se deixados no carro, mesmo por pouco tempo.



3. Proteja as patas do seu cão

Consegue andar descalço na estrada num dia quente de verão? Certamente que não. Então, como pode esperar que o seu cão faça isso?

Longas caminhadas de verão podem queimar as patas do seu cão, especialmente se for cachorro ou já velhote.

Para proteger as suas patas, evite sair à tarde. Leve o seu cão a passear de manhã ou ao final do dia.

Se, por algum motivo, tiver que levar o seu cão a passear durante o dia, faça-o andar na relva ou em superfícies frias e evite, sempre, superfícies de cimento ou asfalto.

Pode ser fornecida protecção utilizando cremes específicos e hidratando regularmente as patas do seu cão.



4. O seu cão também precisa de protector solar

Embora os cães tenham pêlo para proteger a sua pele, também podem ter cancro de pele.

Portanto, é importante fornecer protecção adicional contra o sol aplicando protector solar.

Mas não aplique o protector solar em todo o corpo do seu cão.

Existem protectores solares feitos especialmente para animais que precisam ser aplicados em áreas onde há menos ou nenhum pêlo, como a barriga.

Deve usar-se o equivalente a FPS 30+; não é oleoso nem gorduroso e deixa um bom aspecto.

Se as patas ou o nariz do seu cão estiverem rachados deve um bálsamo que se coloca em narizes, almofadas ou cotovelos rachados para ajudá-los a sarar e protegê-los do sol.



5. Fique de olho no seu cão

Durante os verões é importante ficar de olho no seu cão e procurar quaisquer sinais de desidratação ou insolação para que possam ser prestados cuidados de emergência.

Fique atento aos seguintes sinais de alerta que são indicativos da sua alta temperatura corporal:

• Consumo excessivo de água

• Respiração pesada e muito ofegante

• Desorientação ou confusão

• Vómitos

• Olhos vermelhos

• Letargia

O seu cão precisa de cuidados e protecção da mesma forma que os outros membros da sua família precisam. Portanto, não os deixe sem vigilância durante o tempo quente.

Posts recentes

Ver tudo