Nossa Senhora da Boa Estrela

Porque a serra da Estrela não é só de Portugal – é património do Mundo–, e nesta altura em que os fogos tentam devastá-la, aqui fica uma devoção ainda pouco conhecida, mas que começa cada vez mais a ganhar fiéis.


Pode não ser a atração mais conhecida da Serra da Estrela mas é, sem dúvida, das mais fantásticas. Por entre as rochas, eis que se ergue este curioso Santuário. A sua popularidade deveu-se à divulgação nas redes sociais de fotografias do espaço, coberto de neve. Uma verdadeira surpresa para quem já tinha visitado a Serra e nunca tinha reparado que ali tão perto havia este santuário tão peculiar.


Se já foi à Serra da Estrela e subiu à Torre, certamente já viu uma imagem grandiosa, esculpida na pedra, do lado direito da estrada. A estátua impressiona, com a sua grandiosidade, e pela peculiaridade do local onde se encontra inserida. Se já alguma vez se perguntou qual é a origem deste magnífico santuário, aqui fica um resumo da história, embora não existam muitas informações disponíveis.

Antes de mais, a imagem esculpida na rocha é de Nossa Senhora da Boa Estrela, santa protectora dos pastores. A estátua, situada no Covão do Boi, e esculpida em baixo-relevo foi inaugurada em 1946.

A escultura foi feita em 1946 por António Duarte e exibe uns impressionantes 7 metros de altura. Nasceu da vontade do pároco local que, assim, queria homenagear a santa protetora dos pastores, que ali sofriam recorrentemente com as intempéries locais.

A Nossa Senhora da Boa Estrela também tem uma lenda associada. Neste caso, conta-se que a imagem da Santa terá aparecido a um pastor que se encontrava na Serra. Desde aí, esta figura é tida como protetora de todos os pastores que diariamente têm de lidar com os desafios do clima e do solo, os quais podem complicar a atividade de levar os rebanhos a pastar.



Neste momento de tragédia está também nas nossas mãos protegê-la e acarinhá-la, mantendo-a limpa e preservando a sua beleza e características únicas.